Se você está pensando em se matar

Quando tudo parece sem sentido e confuso, a morte se configura como uma das possibilidades de alívio imediato.

Mas também pode não ser um alívio e outras formas de resolver as situações possam existir, mesmo que você não as perceba ainda.

Sabemos que sua vida lhe pertence e temos um profundo respeito por sua existência.

Imaginamos como deve estar difícil e insuportável passar pelo que você deve estar passando, para você pensar em terminar com a sua vida.

Não queremos convencê-lo a não se matar, mas sim oferecer uma esperança de que talvez seja possível encontrar outras maneiras, sem ser pela morte, de lidar com seu desespero existencial.

A primeira coisa é ter CALMA, respire e perceba que você ainda pode encontrar outras maneiras, EM VIDA, de lidar com seu sofrimento.

Pense se há pessoas que você pode conversar, como amigos, parentes, professores, padres, pastores, médicos, etc.

Procure ajuda e, neste momento, procure essas pessoas que possam acolher sua dor, seu choro e seu desespero.

Você não está sozinho, apesar de se sentir.

Outro lugar que poderá encontrar ajuda 24 horas é no serviço do Centro de Valorização da Vida (CVV), cujo telefone é 141 e o site: www.cvv.org.br

Você também pode:

– Procurar um terapeuta ou um grupo de apoio

– Criar um plano de ajuda, com o que fazer e para quem ligar quando você se sentir em crise

– Assistir as histórias de pessoas que já passaram por isso e que superaram, e hoje estão agradecidas por não terem se matado

– Tente descansar, comer e não abusar de álcool ou drogas – as coisas sempre parecem muito piores quando estamos com fome, cansados e com a consciência alterada

– PROCURE AJUDA!

Se você está pensando em se matar